12 Dicas para Melhorar e Otimizar a Taxa de Conversão

pessoa-no-computador-olhando-a-taxa-de-conversão

Seu ecommerce precisa ser projetado com seus clientes em mente para que a navegação deles seja agradável e resulte em vendas.  

Mesmo que o impulsionamento do seu tráfego seja capaz de gerar mais vendas, se concentrar em transformar seu tráfego atual em clientes é uma tarefa importante também.

Em toda etapa da jornada de compra dos seus clientes, existem novas oportunidades para que você torne a experiência mais simples e agradável no seu site. Através de testes e análises você pode ajustar seu site para aproximar os visitantes da finalização de uma compra. Esse processo é conhecido como Otimização da Taxa de Conversão (CRO).

Otimizar a taxa de conversão é uma técnica para aumentar a porcentagem do tráfego do seu site que realiza uma compra, também conhecida como conversão.

Conversões são importantes. Elas representam o momento em que um visitante de seu site finalmente compra seus produtos. E, em uma escala bem pequena, as conversões acontecem o tempo todo até que a compra realmente se concretize.

Por exemplo, uma conversão na sua página inicial pode significar o clique de um visitante em um produto. Uma conversão em uma página de produto pode significar o clique do comprador em “Adicionar ao Carrinho”. As conversões podem ser completamente dependentes do objetivo específico de cada parte do seu site.

Para otimizar as conversões da sua loja online, seja ela grande ou pequena, você precisa testar constantemente cada parte e aspecto do seu site.

A Otimização da Taxa de Conversão é para você?

CRO é uma ferramenta crucial para todos os empreendedores online, mas nem sempre dá certo para todos. Para que você otimize sua loja com sucesso, primeiramente você precisa ter um bom tráfego para realizar testes. Sem a quantidade ideal de tráfego, seus resultados não vão oferecer nenhum resultado real sobre como seus clientes estão utilizando sua loja online.

Se você não possuir tráfego suficiente para fazer testes A/B, foque primeiro em trazer visitantes para a sua loja. Vamos ver alguns pontos básicos que você precisa se atentar para isso:

SEO

Criação de bons anúncios

Como utilizar descontos a seu favor

Agora que você já sabe o básico para estruturar as conversões do seu site, vamos entender como começar de fato a otimizar sua taxa de conversão!

12 Dicas para a Otimização da Taxa de Conversão

Otimizar sua loja virtual não é algo que se finaliza, é um processo contínuo que vai te ajudar a entender mais sobre seus possíveis compradores e como atendê-los da melhor forma. Ou seja, não se trata de uma tática com um desfecho específico, e sim algo que você precisa ir sempre se aperfeiçoando.

Por não ter uma regra fixa de otimização, você precisa realmente fazer testes e avaliar os resultados para então descobrir o que é válido ou não para ter sucesso no seu ecommerce.

Confira abaixo algumas dicas e sugestões de pontos que você pode testar no seu site.

Página Inicial
Vamos analisar a página inicial de uma loja virtual como se fosse uma vitrine de uma loja. Ou seja, é a fachada da sua loja e precisa chamar atenção, despertar curiosidade e atrair as pessoas para conferir mais.

Portanto, sua página inicial precisa ser convidativa e facilitar a navegação dos visitantes. Deve proporcionar uma experiência visualmente atrativa e consistente que resulte em uma única coisa: As pessoas precisam encontrar o que desejam e concluir a compra.

1. Simplifique a Experiência

Quando pensamos em uma página inicial eficiente, o primeiro ponto a se considerar é a simplicidade. Em apenas dois décimos de segundo um cliente já forma a primeira impressão sobre a sua marca. Ou seja, você precisa que esse tempo mínimo valha a pena.

Evite sobrecarregar seus compradores com muitas imagens e textos. Ao invés disso, utilize um design simples e atraente para comunicar o objetivo da sua marca.

Caso você não saiba o que exibir como imagem principal, pense nos seus produtos mais vendidos ou mais baratos. Ou então, coloque banners que mescle promoções ou lançamentos. Assim, pode ser que o comprador já encontre rapidamente o que está em busca.

2. Códigos Promocionais

Assim que seus clientes acessam sua página inicial, você tem a oportunidade de começar a gerar entusiasmo e a levá-los até seus produtos.  

Os códigos promocionais podem ser ferramentas poderosas para aumentar a taxa de conversão do seu ecommerce. Você pode sugerir aos seus visitantes das seguintes maneiras:

  • Barras de Boas-Vindas: Quando um visitante chega até seu ecommerce, uma barra flutuante aparece no topo da sua página inicial. Isso chama a atenção dos visitantes e os direciona a tomar alguma ação. Aqui, você pode informar alguma promoção ou código para que ele insira e obtenha o desconto ao finalizar a compra.
  • Pop-ups: janelas pop-up são ótimas para criar uma lista de e-mails de possíveis compradores. Como já falamos muito por aqui, o e-mail marketing gera muito resultado. De acordo com um estudo de 2014, 80% dos consumidores que se cadastraram para receber e-mails de uma marca durante um período de seis meses acabaram fazendo compras com base no conteúdo recebido.

Saiba mais aqui sobre como atrair clientes ao oferecer descontos e promoções.

3. Depoimentos que Geram Credibilidade

Ao incluir depoimentos, avaliações e comentários no seu ecommerce, juntamente com o conteúdo principal, você gera maior confiança com os visitantes e aumenta a credibilidade da sua marca. Há uma pesquisa que diz que 88% dos compradores confiam tanto nas avaliações online quanto nas recomendações de amigos e familiares.

Produtos
Uma vez que os visitantes já estão na sua página inicial, eles precisam encontrar os produtos desejados e descobrir novos produtos que podem ser interessantes para eles.

Seus clientes devem conseguir navegar pelo seu website através de uma função de busca bem pensada, além de um design inteligente e categorias bem estruturadas.

Cada uma das páginas de categoria de produto precisa ser estruturada com base em uma única forma de comunicação, para tudo ficar alinhado e de fácil acesso aos visitantes do seu site.

4. Utilize a Busca de forma Inteligente

Caso seus compradores estejam buscando um produto em sua loja virtual, é bem provável que eles não saibam exatamente onde encontrá-lo.

Se o seu ecommerce tiver uma grande quantidade de produtos, você pode considerar colocar em destaque a barra de busca na página inicial, oferecendo aos visitantes a oportunidade de acessar diretamente os produtos que desejam. Ao invés de pesquisar em cada categoria para enfim encontrá-lo.

5. Preze pela Praticidade ao Separar as Categorias

Seus compradores precisam navegar pelo seu ecommerce de forma fácil, simples e, acima de tudo, óbvia. Evite separar seus produtos em muitas categorias diferentes. Você pode pensar que isso facilidade, mas na realidade isso pode complicar muito. Portanto, deixe de 4 a 6 categorias amplas e pense em subcategorias mais específicas.

Você pode também organizar suas categorias na barra de navegação com base na popularidade delas, deixando as mais acessadas em primeiro.

6. Utilize Imagens de Produtos de Alta Qualidade

Imagens em alta qualidade, juntamente com boas descrições dos anúncios, são de extrema importância para o comprador concluir que precisa daquele produto e finalizar a compra com você.

Além disso, vídeos demonstrativos são ótimos complementos às imagens. Por exemplo, caso você venda blusas de frio, inclua um vídeo no anúncio com um modelo caminhando com uma das blusas. Assim, o comprador consegue ter uma noção melhor de como é o produto.

7. Seja Sincero sobre Preços e Prazos

Nunca pense em iludir um comprador. Isso pode prejudicar demais a imagem e reputação da sua marca. Portanto, seja sincero em relação aos valores de fretes e prazos de entrega. 28% dos compradores abandonam seus produtos caso tenham que pagar custos inesperados de envio.

Seja transparente e informe tudo a respeito disso. Caso o cliente chegou até ali, é porque ele realmente gostou do seu produto e se você for sincero, ele não se importará em pagar um pouco mais pelo frete ou esperar um tempo maior pelo envio. Isso tudo gira em torno da experiência de compra que ele está tendo no seu site.

Experiência ao Finalizar a Compra

A finalização de compra é a etapa final do processo de compra do cliente. Portanto, ela precisa ser muito bem estruturada para evitar que os clientes se frustrem e acabem abandonando o carrinho logo neste momento.

Neste ponto da jornada, seus clientes possuem clara intenção de realizar a compra. Você precisa auxiliar para que a compra acontecer de forma rápida e fácil, sem estresse ou confusão.

8. Facilite o Cadastro

Você pode facilitar ainda mais a realização de novas compras para seus atuais clientes ao preencher previamente seus dados de envio e cobrança através das contas de clientes. Quanto menos informações os clientes precisarem inserir, melhor.

Além disso, seus possíveis clientes podem associar suas contas por meio de uma conta de e-mail ou rede social, facilitando o cadastro inicial.

9. Envie E-mails Sobre os Carrinhos Abandonados

Infelizmente, às vezes os compradores enchem seus carrinhos de produtos, mas não finalizam a compra. Se você utilizar o disparo de e-mail marketing com foco nos carrinhos abandonados, você lembrará esses compradores sobre os produtos que eles tiveram interesse anteriormente. Isso pode despertar novamente a vontade de possuir tal produto e finalmente realizar a compra.

10. Otimize Seus E-mails de Agradecimento/Confirmação de Pedido

Após a realização do pedido do cliente, você ainda tem a oportunidade de trazê-lo de volta o seu funil de compras. Já pensou em enviar um e-mail de confirmação de pedido juntamente com um incentivo para que ele se cadastre à uma newsletter ou para obter descontos e promoções exclusivas em compras futuras? Isso é ótimo para fidelizar o cliente.

Velocidade e Desempenho do Website

O desempenho do seu ecommerce está fortemente ligado ao sucesso geral do seu negócio. É comprovado que, caso o carregamento de um site demore mais do que três segundos, 40% dos visitantes saem automaticamente. Esta é uma quantidade enorme de tráfego que você pode estar perdendo sem nem perceber.

11. Garanta um Website Responsivo

Tornar seu ecommerce responsivo para dispositivos móveis precisa ser uma prioridade para a sua empresa. Isto porque muitas pessoas acessam sites pelo celular mesmo ao invés de se dar ao trabalho de ligar um computador ou notebook.

Não sabe se seu site é responsivo? Confira aqui no Teste de Compatibilidade do Google. Basta inserir sua URL.

12. Otimize o Tempo de Carregamento

Conforme falamos acima sobre o tempo de carregamento, que tal conferir o tempo do seu ecommerce? A maneira mais fácil de checar quanto tempo sua página demora para carregar é utilizando o PageSpeed Insights do Google. Você pode melhorar sempre seu ecommerce se acompanhar as métricas e resultados. E, embora otimizar o tempo de carregamento seja algo complicado, você pode simplesmente ir ajustando coisas páginas como o formato e tamanho das imagens que compõem seus anúncios e categorias de produtos.

Para finalizar...

Agora que você possui algumas ideias, chegou a hora de começar a otimizar! Faça testes e descubra novas e melhores maneiras de aumentar suas conversões.

Lembre-se: para ter sucesso, não deixe seu site parado. Faça testes sempre que possível e também consulte a opinião dos seus compradores. A experiência de compra que eles possuem com você tem total relação com o retorno deles ou simplesmente a finalização de uma primeira compra.

Receba dicas no seu email sobre como aumentar suas vendas nos marketplaces

Alice Bachiega

Alice Bachiega

Deixe o seu comentário