Taxa de conversão é uma métrica bem importante para você analisar suas campanhas e estratégias de marketing e vendas online. Ela tem como objetivo descobrir o resultado real gerado pelas estratégias planejadas.

Mas… Para entender o que é taxa de conversão, vamos focar em entender o que é conversão primeiro.

Conversão nada mais é do que ações importantes  que os visitantes de um site ou loja virtual realizam.

Em um ecommerce, uma conversão consiste em um criar um cadastro para receber descontos, adicionar um produto no carrinho, criar uma conta ou efetivar uma compra.Tudo depende dos estágios de compra em que o consumidor se encontra.

Por isso é importante que você esteja sempre direcionando os possíveis compradores dentro do seu ecommerce para que eles finalizem a compra. Você pode entender mais sobre esse assunto com o nosso artigo sobre estratégia de funil de vendas.

Já nos marketplaces, os vendedores apenas tem acesso a informação sobre a conversão de venda.

Em ambos os casos, a conversão é o principal objetivo de uma ação de marketing. Por isso, é importante ficar atento às métricas e resultados para estar sempre aperfeiçoando as estratégias de venda.

O que é Taxa de Conversão

Segundo o Google Adwords, temos a seguinte definição:

“Taxa de conversão é o número médio de conversões por clique no anúncio, mostrado como uma porcentagem.”

O objetivo da taxa de conversão é entender como está sendo o retorno de cada investimento feito em relação às vendas da sua empresa. Seja ele de tempo ou dinheiro.

Por isso que uma conversão pode ser também o ato de preencher um  formulário de cadastro, ou a solicitar um orçamento. Isso já mostra que a pessoa está interessada no que você tem a oferecer.

Entender sua taxa de conversão é muito importante, pois vai deixar bem claro se o seu ecommerce está eficiente e maduro o suficiente. E também para acompanhar e mensurar os resultados do negócio como um todo.

A taxa de conversão pode ser calculada em todas as etapas do funil de vendas e traz um diagnóstico de onde você possivelmente está errando e onde deve atuar.

Como Calcular a Taxa de Conversão

O cálculo da taxa de conversão é muito simples. Basta dividir o número de conversões pelo número total de sessões/acessos que seu site teve.

Conforme falamos acima, a taxa de conversão varia de acordo com o seu objetivo principal e também de acordo com o funil de vendas, certo? Então, você pode considerar os seguintes critérios para o seu cálculo:

  • Acessos e cadastros feitos
  • Incluir produtos no carrinho de compras
  • Efetuar vendas

Que consequentemente estão vinculados com:

  • Consciência – conhecer seu ecommerce
  • Interesse – despertar interesse pelo o que você pode proporcionar
  • Decisão – efetuar a compra

Vamos usar um exemplo prático do primeiro critério:

O objetivo aqui é conseguir o contato da pessoa que está navegando no seu ecommerce para entender quem ela é e o que ela está procurando e fazer com que ela desperte interesse pelos seus produtos.

Supondo que seu ecommerce teve 10 mil acessos que resultou em 500 formulários de desconto preenchidos.

O cálculo seria:
Acesso: 10.000
Conversões: 500
Cálculo: 500/10.000 = 5%

Sua taxa de conversão é de 5%.

Como Identificar se sua Taxa de Conversão é Boa ou Ruim

Apontar que sua taxa de conversão é boa ou ruim é bem relativo. Porque isso depende muito do mercado em que você atua, pois existem comparações entre os segmentos e categorias que podem dar um direcionamento melhor.

Mas no exemplo que demos acima, fica claro que 95% dos acessos estão se perdendo. Ao diagnosticar isso, sua equipe de Marketing pode começar a atuar mais precisamente nisso. Entendendo o que acontece com os visitantes que não convertem e passar a criar campanhas que modifiquem essa situação.

Se você quer obter uma boa performance no seu ecommerce, precisa identificar cada ponto fraco que possui e trabalhar em oportunidades que possam auxiliar a melhorar seus resultados. Ao agir assim em paralelo com a taxa de conversão, verá grandes melhorias.

Vamos entender um pouco mais sobre isso falando das taxas de conversão em diferentes categorias. Assim, você mesmo poderá comparar a sua categoria de atuação e ver se está tendo resultados bons ou ruins.

Taxas de Conversão Média em Diferentes Categorias

O Atlas fez um estudo sobre taxa de conversão em diferentes categorias e vamos analisar aqui alguns dados que podem ser importantes para você saber se tem boas taxas de conversão ou não. Além disso, poderá se basear melhor em outros ecommerces do mesmo segmento que você. Vamos lá!

O período do estudo foi de janeiro até maio de 2017 e incluiu dados de vendas de mais de 700 lojas onlines.

Categorias

Veja as categorias analisadas e compare os resultados com os do seu ecommerce. Assim, você poderá ter noção se faz parte da média ou se precisa se superar.

Dica: Leve isso como um objetivo maior e utilize suas estratégias de vendas com base nisso.

infográfico feito pela atlas de acordo com os resultados de seus estudos sobre taxa de conversão
Fonte: ATLAS (www.neoatlas.com.br)

Dispositivo de Acesso

Levando em consideração o dispositivo de acesso utilizado, a taxa de conversão em desktop é maior do que por mobile ou tablet. Sendo em desktop a taxa de 1,9%, em mobile 0,7% e em tablet 0,9%.

Região dos Compradores

Outro fator para se levar em consideração é a região em que o maior número de compradores estão. Segundo o estudo do Atlas, é evidente que o poder aquisitivo do estado influencia diretamente a performance de conversão das lojas. Rio de Janeiro e Santa Catarina são os estados com a maior taxa de conversão, ambas com 1,8%. Apesar de São Paulo liderar em volume de pedidos e de acessos às lojas virtuais, está em 6º na análise de taxas de conversão, com a média de 1,3%.

Sul é a região com a melhor taxa de conversão média, de 1,5%, seguido do Sudeste com 1,3%, Centro-oeste com 1,2%, Norte com 1,0%. Nordeste tem a menor taxa de conversão, com 0,8%.

Como Melhorar sua Taxa de Conversão

Antes de criar estratégias para melhorar suas conversões, pense sempre nos seus consumidores. Eles podem se comportar de forma muito diferente, de acordo com o tipo de produto que procuram, de quem eles pensam em comprar e onde eles estão localizados.

A maneira mais eficaz de melhorar sua conversão e saber o que pode ou não dar certo para o seu ecommerce é implementar testes. Assim, você consegue mensurar os resultados e optar pelo que mais lhe convém.

Vamos pontuar aqui algumas coisas que você pode começar a implementar no seu ecommerce para melhorar a sua taxa de conversão:

  • Teste A/B nos anúncios, banners promocionais ou categoria de produtos. Assim, você consegue metrificar qual possui a melhor performance.
  • Atenção ao funil de vendas. Não seja agressivo ao entrar em contato com um possível cliente. Entenda em qual estágio de compra ele está e conquista a confiança dele até conseguir desenvolver um tipo de relacionamento.
  • Crie uma proposta de valor. Esse conceito de marketing determina se o que o seu negócio proporciona realmente tem valor para os clientes. Isto é, pense melhor no visual do seu site vinculado a parte escrita dele na página inicial. Otimização é a palavra-chave aqui.
  • Use uma linguagem simples ao abordar seus possíveis clientes. Pra que complicar?

Este é um assunto para falarmos em outro artigo, mas você já consegue ter uma ideia de quais podem ser seus próximos passos ao finalizar esse artigo.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é uma taxa de conversão e porque ela é tão importante para seu negócio ser um sucesso, basta você começar a se planejar melhor e pensar em maneiras mais eficazes de proporcionar a melhor experiência de compra para seus clientes e possíveis clientes. Assim, você obterá muito mais vendas e seu faturamento poderá melhorar e muito.

Se você consegue aumentar a porcentagem de pessoas que se tornam clientes fiéis, você pode rapidamente aumentar seu faturamento e tornar seu negócio um sucesso total simplesmente com os recursos que você já possui.

A questão é, sabendo de tudo isso: Por onde você vai começar?

Avaliações
Total: 2 Média: 5